Prego que se destaca é o primeiro a ser martelado

Tempo de Leitura: 3 Minutos

Quem martela, acaba esquecendo as cicatrizes que deixa nas relações interpessoais e na capacidade de contribuir com o próprio crescimento humano.

Não há como negar a existência de pessoas, que ao contrário de contribuir com o desenvolvimento pessoal e profissional, optam em bloquear o crescimento com a disseminação de fofoca, discórdias, preguiça e ações de continuamente torcer contra! Pessoas que ao contrário de somar, aplicam na prática a negatividade de martelar ideias e o brilho do seu sucesso.

Você apresenta um trabalho na faculdade, recebe elogios da professora e ao contrário de reconhecimento por seus esforços, algumas pessoas da turma invejam suas conquistas. Em uma reunião na escola, a liderança apresenta elogios a respeito da sua atuação e desempenho, porém intrinsecamente, há pessoas remoendo de ódio e querendo “devorar” você com um olhar negativo. É possível lidar com essas situações? Observe as dicas abaixo, sem jamais esquecer de um ditado popular: “Prego que se destaca é martelado”.

Procure conhecer melhor as armadilhas preparadas para você cair…
Há sempre um alto preço a ser pago para alcançar o sucesso! Quanto mais a sua estrela continuar irradiando luz, mais os olhos de pessoas invejosas, mal amadas e traiçoeiras estarão atentos para ofuscar seu brilho. Lembre-se sempre, que o desejo de uma pessoa invejosa, consiste em estar no seu lugar. Isso mesmo! Como aquela pessoa negativa não dispõe de competência, criatividade, senso de inovação, empreendedorismo, força de vontade, iniciativa e dinamismo como você, resta usar de sentimentos negativos como a inveja, com o objetivo de destruir suas qualidades. O foco daquelas pessoas é criar armadilhas para prejudicar suas conquistas. Pessoas com persistência para serem vitoriosas, criam a prática o hábito de “cobrir os ouvidos” para quem, com frequência, diz que não dará certo. No começo pode parecer difícil, mas vamos tentar praticar esse exercício de “cobrir os ouvidos”?

Pare de levar as críticas para o lado pessoal…
Algumas pessoas ficam emburradas, tristes e com baixo índice de produtividade, por acreditarem que uma crítica é uma ofensa. Basta um comentário ou feedback, para que o comportamento sofra alterações imediatas, reagindo com ardor a comentários sobre o desempenho profissional ou ações pessoais. Quando uma pessoa indicar algo negativo que você fez, ou realizar piadas sobre seu sucesso, ao contrário de explodir de raiva, pratique o exercício de agradecer. Isso mesmo, gratidão! Pare de levar as críticas para o lado pessoal, pois o principal ser humano a ser prejudicado é você! Confiabilidade, disciplina e comprometimento são três ingredientes essenciais que conduzem uma pessoa às suas realizações. Sem a aplicabilidade dos três itens, os sonhos pessoais passam a ser como um castelo de areia, que a onda do mar consegue destruir com facilidade. Acredite que em toda a trajetória humana, sempre existiu adversários torcendo para que tudo aconteça da maneira errada, porém também existiu aliados, torcendo de maneira positiva para suas aspirações pessoais, suas conquistas e crescimento profissional.

Quem martela, acaba esquecendo as cicatrizes que deixa. Quando bate com o prego na madeira, além dos prejuízos causados nas relações interpessoais, por uma visão pessimista e sentimentos arraigados na negatividade. E se eu parar de levar as críticas para o lado pessoal e não funcionar? Lembre-se do que disse Phil Knight, fundador da marca Nike: “O segredo é tentar mais uma vez, até o momento de acertar, porque o acerto final é maior que todos os erros anteriores”.

Mestre em administração de empresa. Pós graduado em gestão de pessoas e em magistério superior. Bacharel em Comunicação Social. Professor, Palestrante e Mágico.

[email protected]

Anterior

Próximo

WhatsApp chat